Como diz o velho ditado, Se você falha em planejar, você planeja falhar. Construir um site sem um plano é como construir um prédio sem plantas. As coisas acabam no lugar errado, os recursos são negligenciados e a situação está propensa a uma falha de comunicação entre o construtor de sites e o cliente. O planejamento do seu site com antecedência lhe dará uma direção clara, bem como evitará prazos perdidos e retrocessos. Se você é um web designer que trabalha com clientes, este guia o ajudará a planejar adequadamente. Se você é proprietário de uma empresa ou funcionário de uma organização, este guia o ajudará a estabelecer as bases para seu futuro website.

1. Defina seu propósito e objetivos.

Qual é o propósito do seu site? É para ganhar publicidade para o seu negócio? Para vender seu estoque? Para reunir apoio para uma causa? É importante identificar o objetivo do seu site, bem como o seu público-alvo. Você também deve definir seus objetivos. Quantos visitantes você espera por mês? Quantos você espera que se inscrevam no seu boletim informativo? Quanto em vendas você espera fazer? Defina metas mensuráveis ​​e específicas para seu site que estejam alinhadas com suas metas de marketing. Uma ferramenta de análise como o Google Analytics permitirá que você monitore o desempenho do seu site ao longo do tempo.

 

2. Crie um orçamento.

Quer você seja uma empresa estabelecida de médio porte ou uma empresa iniciante, sempre deve definir um orçamento para as despesas do seu site. Isso provavelmente incluirá fundos para web design, programação e hospedagem na web (embora outras despesas possam ser aplicadas). Pesquise o mercado comprando e consultando profissionais. Não se venda a descoberto comparando apenas os preços. O que você economiza em dinheiro, você pode pagar mais tarde com um site sem brilho e muitas dores de cabeça. É melhor escolher os membros da equipe com base na experiência, perspicácia, referências e exemplos de trabalho.

 

3. Atribuir funções.

  • Partes interessadas da empresa (proprietário, gerente de marketing ou quem quer que represente uma função primária da empresa)
  • Desenvolvedor web
  • Escritor e / ou editor de conteúdo
  • HTML / CSS profissional
  • Web e designer gráfico

Certifique-se de que todos em sua equipe conheçam sua função e o que se espera deles, e que estejam atentos aos prazos e aos novos desenvolvimentos.

 

4. Crie uma estratégia de conteúdo.

Que tipo de conteúdo você exibirá no seu site? O conteúdo é basicamente qualquer coisa que forneça informações aos visitantes. Pode incluir, mas não está limitado a:

  • Blog posts
  • Documentos
  • Conversor de vídeo
  • Imagens (como em uma galeria)
  • Slideshows
  • Feeds de mídia social incorporados (como seu stream do Twitter ou atualizações de página do Facebook)

Sua estratégia de conteúdo é a maneira como você planeja apresentar seu conteúdo ao longo do tempo. Por exemplo, ao desenvolver uma estratégia de blog, você pode querer publicar duas postagens de blog por mês e lançar um relatório trimestral gratuito para seus assinantes baixarem quatro vezes por ano. Como o conteúdo é um aspecto vital de um site, traga ajuda se precisar. Contrate um redator com experiência em redação para a web e invista em algumas fotos de aparência profissional da vitrine e dos funcionários.

 

5. Estruture seu site.

Decida quais páginas você usará e quais recursos estarão em cada uma. A maioria dos sites tem uma página Sobre e Contato, mas as páginas que você usa devem atender às necessidades da sua empresa.

 

6. Crie uma maquete.

Um mock-up de página, também conhecido como wireframe, é essencialmente o esboço do seu site (com o design inicial sendo o primeiro rascunho). Normalmente criado no Photoshop ou Fireworks, você não precisa colocar muitos detalhes em seu mock-up. Use o texto de espaço reservado para preencher as páginas e não se preocupe com os detalhes. Isso é apenas para dar a todos uma ideia de como será a aparência do site.

Se você não tem um programa de design, também pode mapeá-lo com caneta e papel! Quando você tiver uma ideia geral do que deseja, pode enviar a um designer para criar ou fazer você mesmo.

 

7. Comece a projetar.

Nunca é demais enfatizar a importância de um bom web design. Um bom design de site inclui usabilidade e estética. Um site feio afastará os visitantes, assim como um site difícil de navegar. Lembre-se de alguns conceitos básicos de usabilidade à medida que avança:

  • Faça sua navegação fácil de entender e fácil de encontrar. A pesquisa mostra que a maioria dos usuários espera que a navegação do site seja vertical e centralizada na parte superior da página.
  • Use uma fonte fácil de ler para blocos de texto. Escolha uma cor de fundo e uma cor de texto que contrastem bem (Dica: Sem texto vermelho em um fundo rosa choque).
  • Certifique-se de que seu site cabe na tela. Use um design responsivo (ou uma abordagem igualmente eficaz) para tornar seu site um que se adapta a todos os tamanhos de tela.
  • Mantenha seu site leve para que ele carregue rapidamente.
  • Faça o logotipo da empresa e o slogan em destaque na página.
  • Mantenha estilos e cores consistentes em todo o site.
  • Deixe o texto claro e conciso e coloque informações e recursos importantes (por exemplo, o formulário de inscrição no boletim informativo) acima da dobra.
  • Faça anotações sobre o que incluir na folha de estilo durante o design, visto que deseja manter o estilo e a função separados. Isso é importante, não apenas para cumprir os padrões da web, mas para tornar mais fácil mudar algo no futuro, se necessário.
  • Você também deve projetar com o futuro em mente. Por exemplo, seu site pode ter apenas algumas postagens de blog agora, mas e quando você tiver duzentas?

 

8. Faça um teste.

O teste é importante para descobrir bugs e detectar detalhes que você pode ter perdido inicialmente. Certifique-se de que seu site seja exibido da maneira que você deseja em todos os navegadores, incluindo Chrome, Firefox, Internet Explorer e navegadores da web para celular, como Safari e Opera Mini. Teste no seu celular, tablet e também nos celulares e tablets de seus colegas. Você deseja que seu site tenha uma aparência consistente, independentemente da tela em que seja exibido. Verifique se todos os links funcionam, se as imagens estão com o tamanho adequado e se você substituiu todos os marcadores de posição por conteúdo real. Veja por que todos os formulários e outros campos de entrada estão funcionando.

 

9. Faça a manutenção do seu site.

Depois que seu site é lançado, o trabalho não acabou. Um site é uma entidade permanente que representa continuamente a sua empresa, por isso a manutenção é muito importante. Monitore seu software de análise para ver o desempenho de seu site com o público. Fique de olho em métricas como número de visitantes únicos, taxa de rejeição e quais páginas são mais populares em seu website. Você pode descobrir que certas métricas são mais úteis para você do que outras, mas essas são informações que você descobrirá com o tempo.

Você também deve ter um plano para manter o site, como quem é responsável por postar novo conteúdo ou monitorar a segurança do site. E, claro, obtenha feedback de seus usuários. O feedback é uma ferramenta valiosa para melhorias.

Planejar um site com antecedência é tão importante quanto planejar qualquer outra coisa nos negócios, mas essa etapa costuma ser esquecida por aqueles que estão ansiosos para reivindicar seu pedaço de propriedade na Internet. Reservar um tempo para planejar seu site é um grande investimento, e aumentará suas chances de ter um produto acabado que o atenderá bem pelo tempo que você precisar.